Sábado, 21 de Julho de 2018

Prefeito de Laguna Carapã é afastado do cargo acusado de improbidade

Publicado em: 11/07/2018 09h38

MS em Foco

O casal terá que devolver recursos para os cofres públicos.

Atendendo um pedido do Ministério Público Estadual, o juiz José Domingos Filho da 6ª Vara Civil de Dourados afastou ontem o prefeito de Laguna Carapã, Itamar Bilibio (MDB) do cargo. A acusação do promotor titular da 16ª Promotoria de Justiça Comarca de Dourados, Eteocles Brito Mendonça Dias Junior, é de que Bilibio nomeou a esposa, Vera Lúcia Lorenzoni Bilibio, como secretária de assistência social, em 2013 sem que ela a qualificação necessária para o cargo. Isso segundo o MP configurou nepotismo e improbidade administrativa.

 

Na manhã desta quarta-feira um Oficial de Justiça esteve na prefeitura de Laguna Carapã para notificar o prefeito, mas ele estava viajando. O vice prefeito Doreli Portela, foi notificado e já tomou posse no cargo.

 

O prefeito afastado foi avisado por telefone e disse que ficaria 10 dias fora da cidade. Mesmo assim, o Oficial de Justiça ratificou a ele o afastamento do cargo e avisou que ele não poderia tomar nenhuma decisão oficial a partir desta data.

 

Além de pedir o afastamento do prefeito e da secretária de assistência social de Laguna Carapã, o Ministério Público também pediu também que a justiça decrete indisponibilidade de bens do casal em até R$ 974 mil, para ressarcimento aos cofres públicos e multas.

 

O presidente da Câmara de Vereadores, Valmor Flores também foi informado da decisão de afastamento do prefeito. A reportagem tentou falar com o prefeito afastado, mas ele não atendeu a ligação. Pessoas próximas a ele disseram que Bilibio vai recorrer da sentença.