Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

Pistoleiros fuzilam Ranger blindada e atingem brasileiro na fronteira

Publicado em: 17/10/2018 14h41

Campo Grande News

Brasileiro é socorrido após sofrer atentado a tiros de fuzil, por volta de meio-dia em Pedro Juan Caballero.

O piloto brasileiro Mauro Alberto Parra Espíndola, 58, sofreu atentado a tiros de fuzil por volta de meio-dia desta quarta-feira (17) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande.

 

Mauro estava em uma caminhonete Ranger branca blindada, que foi cercada por um carro enquanto os pistoleiros em outro veículo disparavam dezenas de tiros, possivelmente calibre 7,62.

 

Foram tantos tiros que a blindagem da caminhonete não suportou os impactos e Mauro foi atingido por vários disparos. Ele foi socorrido por policiais e paramédicos e levado para um hospital particular da cidade.

 

O atentado ocorreu na Avenida Mariscal Lopez, no centro de Pedro Juan Caballero, a poucos metros do território brasileiro. De acordo com a rádio Império, Mauro está estável e fora de perigo.

 

O atentado é mais um capítulo da guerra travada por bandidos na Linha Internacional. Na madrugada de hoje, o paraguaio Edgar David Romero, 25, morreu após ser alvejado com cinco tiros de pistola calibre 9 milímetros na noite de ontem quando estava em uma quadra de vôlei em Pedro Juan Caballero.

 

Na manhã de hoje, os corpos de Eliza Aparecida Villagra, 19, e a adolescente Raquel Chamorro, 16, as duas de nacionalidade paraguaia, foram encontrados em um lixão da cidade paraguaia.

 

As duas foram mortas com tiros na nuca, disparados de curta distância, o que confirma a execução. Os assassinos ainda tentaram atear fogo nos corpos.