PUBLICIDADE
  • Lojas Veneza116
PUBLICIDADE


Trio é preso com 396 quilos de maconha congelados em freezer



Aral Moreira - MS - Segunda, 18 de Dezembro de 2017
07/08/2017 16h08

Trio é preso com 396 quilos de maconha congelados em freezer

Campo Grande News



Matksander Aparecido, conhecido como “Gordinho”, Wellington Jackson, apelidado de “Pipo”, e Emerson de Lima, vulgo “Cabeçudo”. Foto: André Bittar

Três homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas no bairro Estrela do Sul, em Campo Grande. Eles guardavam 396 quilos de maconha congelada em um feezer, numa casa do Jardim das Cerejeiras. Entre os detidos está o dono de uma pizzaria. A polícia agora investiga se ele usava o comércio para distribuir drogas.

 

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, depois de receberem denúncias anônimas referentes a tráfico de drogas, na última sexta-feira (4), policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico ) montaram campana em frente ao endereço dos suspeitos.

 

Em determinado momento, chegou ao local um veículo onde estavam Matksander Aparecido Ovando da Silva, 26 anos, conhecido como “Gordinho”, Wellington Jackson Batista Bezerra, 28 anos, apelidado de “Pipo”, e Emerson de Lima Furtuoso, 29 anos, vulgo “Cabeçudo”.

 

Os três foram abordados e depois da polícia encontrar um molho de chaves no bolso de um deles, Furtuoso acabou confessando que tinha droga guardada em dois endereços da Capital.

 

Na Rua Manoel Abrão Lemos, Jardim das Cerejeiras, a polícia encontrou 396 quilos de maconha, distribuídos em tabletes, que estavam congelados dentro de um freezer. Os presos disseram que a droga estava mofando, por isso decidiram congelar o entorpecente.

 

Na Rua Passa tempo, no Jardim Presidente, a polícia encontrou 1,3 quilos de pasta base de cocaína. A casa, com piscina e área de lazer, também era usada para festas do trio, segundo a polícia.

 

De acordo com a polícia, Matksander é dono de uma pizzaria no bairro Monte Castelo, o endereço não foi divulgado. “Estamos investigando se os próprios moto entregadores de pizza não estariam entregando essa droga a mando do patrão”, disse o delegado.

 

Ainda conforme Sartori, o grupo é suspeito de assumir o comando do tráfico na região Norte da Capital, depois que a polícia prendeu um traficante chamado Rogério Campos de Morais, conhecido como “Cego”. A prisão teria ocorrido em fevereiro deste ano. “Desde a prisão do Cego(Rogério) esse grupo tomou a liderança do tráfico nessa região”, afirmou a autoridade policial.

 

Os três presos vão responder por tráfico de drogas. Conforme a polícia, eles já tem passagens por este crime.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • Junior Arquiteto104
  • InterPax1
  • Santa Virginia20

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE