PUBLICIDADE
  • Lojas Veneza116
PUBLICIDADE


Aral Moreira realiza Olimpíada de Lançamento de Foguetes Caseiros hoje



Aral Moreira - MS - Domingo, 17 de Dezembro de 2017
24/11/2017 07h16 - Atualizado em 25/11/2017 07h37

Aral Moreira realiza Olimpíada de Lançamento de Foguetes Caseiros hoje

Por Joelso Gonçalves



Evento mobilizada todos os anos centenas de alunos do município Foto: Divulgação

Aral Moreira (MS) – Tudo pronto para mais uma edição da Olimpíada de Lançamento de Foguetes Caseiros, que acontecerá a partir das 13h desta sexta-feira, dia 24 de novembro, no Estádio Municipal, em Aral Moreira.

 

O evento, que entra em sua 8ª edição, é organizado pela Escola Estadual Dr. Fernando Correa da Costa e tem como objetivo estimular a participação dos alunos nas aulas de física.

 

De acordo com a organização do evento, a edição deste ano será dividida em duas categorias.

 

A categoria tradicional que deverá ser formada por estudantes do Ensino Regular. A novidade será a categoria Veteranos, que deverá ser formada por ex-alunos das escolas estaduais do município. Cada equipe deverá ser formada por 15 pessoas, da mesma série ou não.

 

A expectativa dos organizadores é de que mais de 20 equipes participem da edição deste ano. Além das equipes locais a OLFCAM deve contar com a participação de representantes de outras cidades da região.

 

Uma das coordenadoras do evento, a professora, Patrícia Terumi Sakaue, contou que a competição é entre as escolas estaduais e algumas municipais, que são convidadas, e conta com três desafios: Altura, precisão e paraquedas.

 

Ela explicou que as equipes precisam construir um foguete com materiais recicláveis e que sejam lançados por pressão da água. “Nós medimos a altura do voo, a precisão ao acertar um alvo, a 40 metros de distância, e também a queda com o paraquedas”, contou Patrícia.

 

A montagem dos foguetes é orientada por professores, principalmente na matéria de física, mas todos os detalhes contam. “As equipes pontuam em tudo, desde o formato e design dos foguetes até a limpeza da área”, afirmou Patrícia.

 

O professor Djalma Santos, explica que o projeto surgiu com o intuito de estimular os alunos a participarem mais das aulas de física. “Foi uma forma que pensamos de despertar nos estudantes o interesse e o prazer de apreender mais e melhor a disciplina. Considero ser uma prática diferenciada e inovadora de ensinar a física”, conta o professor.

 

Os três primeiros ganhadores receberão troféus e medalhas personalizadas.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • Junior Arquiteto104
  • InterPax1
  • Santa Virginia20

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE