PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Senad encontra depósito de maconha perto da fronteira com MS



Aral Moreira - MS - Sábado, 17 de Novembro de 2018
19/04/2018 10h14

Senad encontra depósito de maconha perto da fronteira com MS

Estrutura usada para armazenar maconha enviada ao Brasil foi descoberta no Departamento de Canindeyú

Campo Grande News



Depósito guardava 200 quilos da droga, mas Senad acredita que boa parte já tinha sido enviada ao Brasil. Foto: Divulgação/ Senad

Um depósito usado para armazenar maconha foi descoberto ontem (18) pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) em Salto Del Guairá, cidade paraguaia vizinha de Mundo Novo (MS), a 476 km de Campo Grande. Foram encontrados 200 quilos da droga no local, mas os agentes acreditam que a maior parte da droga que estava no local já tinha sido enviada para o Brasil.

 

De acordo com a Senad, a maconha estava embalada em bolsas, já preparada para ser transportada, possivelmente por “mulas” que viajam de ônibus para cidades de Mato Grosso do Sul com pequenas quantidades da droga. O depósito funcionava perto do Rio Paraná, a menos de mil metros da área de preservação da Reserva Itaipú.

 

Roças de maconha – A Senad informou também que continuam as operações contra as lavouras de maconha no Departamento de Amambay, que também fica na fronteira com Mato Grosso do Sul.

 

Com apoio das Forças Armadas paraguaias e da Polícia Federal brasileira, pelo menos 342 toneladas de maconha que ocupavam 114 hectares de roças já foram destruídas nas recentes ações, com prejuízo de 13 milhões de dólares para os traficantes.

 

Outros 915 quilos de maconha picada e 765 quilos de semente de cannabis foram encontrados nos 87 acampamentos localizados no meio da mata e também incinerados. Para chegar às roças, a Senad usa helicópteros das Forças Armadas do Paraguai.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE