PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


MDB quer chapa com Tânia Garib como vice de Junior Mochi



Aral Moreira - MS - Sábado, 17 de Novembro de 2018
14/08/2018 13h23

MDB quer chapa com Tânia Garib como vice de Junior Mochi

Definição ainda depende de reunião marcada para às 15h, mas nome ao cargo de vice é de Tânia Garib

Campo Grande News



MDB quer Mochi e Tânia Garib na disputa ao governo. Foto: Divulgação

A definição final da chapa do MDB para a disputa ao Governo em substituição à senadora Simone Tebet - primeiro nome indicado depois da prisão de André Puccinelli - depende de uma reunião às 15h, no diretório estadual. No entanto, mesmo antes do encontro, o plano do partido é convencer o deputado Júnior Mochi, presidente da Assembleia Legislativa, à disputar as eleições. Tânia Garib, ex-secretária de assistência social, é nome indicado ao cargo de vice.

 

O novo plano do partido foi confirmado pelo deputado Márcio Fernandes (MDB), que relembra que Tânia Garib era titular da pasta na gestão do ex-governador André Puccinelli. O parlamentar reitera, que a segunda vaga ao Senado fica para o procurador licenciado Sérgio Harfouche.

 
 

Márcio Fernandes pontua que antes de Simone desistir da candidatura, Harfouche aceitou ser vice. Porém, sem a senadora no páreo prefere disputador o governo ou o senado.

 

As lideranças do MDB tinham marcado a reunião para às 11h, mas o encontro precisou ser adiado até a chegada dos senadores Waldemir Moka e Simone Tebet, que estão vindo de Brasília-DF.

 

Aliados – Márcio Fernandes explica que assim que definidos os candidato ao governo, o partido entrará em contato com os aliados para tentar convencê-los as continuar na chapa.

 

Com a desistência de Simone os partidos ameaçaram deixar a coligação e migrar para outro candidato ou ter seu próprio nome ao governo. Os partidos foram o PHS, PR, PRTB, PRP, PTC e PSDC.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE