PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Em pedido de HC, defesa de Zé Teixeira, fala em 'carnaval do MPF e PF às vésperas da eleição'



Aral Moreira - MS - Terça, 25 de Setembro de 2018
13/09/2018 16h54 - Atualizado em 13/09/2018 18h02

Em pedido de HC, defesa de Zé Teixeira, fala em 'carnaval do MPF e PF às vésperas da eleição'

A defesa alega que é desnecessária a prisão temporária do parlamentar

Jd1 Notícias



Foto: Divulgação

A defesa do deputado Zé Teixeira entrou ainda na quarta-feira (12) com um pedido de habeas corpus (HC) no Superior Tribunal de Justiça (STJ) alegando que é absolutamente desnecessária a prisão temporária do parlamentar.

 

Zé Teixeira foi detido, em um hotel da capital, pela Polícia Federal (PF) na manhã de quarta-feira numa ação da Operação Vostok que investiga esquema de pagamento de propina à representantes da cúpula do Poder Executivo Estadual.

 

No HC a defesa expõe que considerando a idade avançada do parlamentar (78 anos) e o grave tratamento de saúde ao qual se submeteu recentemente (cirurgia e 36 aplicações radioterápicas), aliado ao fato de que ele já depôs na PF e que teve seu celular apreendido e que as buscas e apreensões já foram cumpridas, não se faz necessário a manutenção da prisão temporária.

 

E ainda ressalta que a decretação da prisão 25 dias antes das eleições pode causar prejuízos irreversíveis a campanha de Teixeira. “Tem-se a impressão de que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal estão formulando os pedidos cautelares e armando um carnaval gigante, em todo o país, com a nítida intenção de influenciar nas eleições”, alegou a defesa.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE