PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Morre piloto atingido por tiros de fuzil na fronteira



Aral Moreira - MS - Quarta, 21 de Novembro de 2018
17/10/2018 15h12

Morre piloto atingido por tiros de fuzil na fronteira

MS em Foco



Atingido por diversos tiros, Mauro não resistiu aos ferimentos. Foto: Reprodução/ Facebook

Morreu há pouco em Pedro Juan Caballero o piloto brasileiro Mauro Alberto Parra Espindola de 58 anos. Horas antes ele tinha sido atingido por vários tiros de fuzil quando transitava pela rua Mariscal Lopes no centro de Pedro Juan Caballero em uma Ford Ranger blindada com placas BCG 1312 de Ponta Porã.

 

Mauro foi cercado por homens em dois carros. Um dos veículos obrigou Mauro a diminuir a velocidade e homens que estavam em outro veículo atiram de fuzil contra ele. Atingido várias vezes ele ainda acelerou e bateu contra um dos carros dos pistoleiros.

 

Ele foi socorrido por populares e colocado em um carro da Polícia Nacional do Paraguai e levado para um hospital onde estava sendo operado, mas morreu devido aos ferimentos que sofreu.

 

Mauro tinha sido preso pela Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai em 2005 e extraditado para o Brasil onde foi condenado a 16 anos e quatro meses de prisão por tráfico de drogas e formação de quadrilha.

 

Ele também estaria ligado a algumas das 22 aeronaves apreendidas em 2016 no aeroporto Roberto Fuster em Pedro Juan Caballero e que estariam sendo usadas para o narcotráfico.

 

A Polícia Nacional do Paraguai ainda não informou se há suspeitos pelo atentado contra Mauro Parra ou se alguém foi preso.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE