PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Município desenvolve campanha de prevenção ao câncer de mama



Aral Moreira - MS - Quarta, 21 de Novembro de 2018
24/10/2018 08h21

Município desenvolve campanha de prevenção ao câncer de mama

Da Assessoria



A prefeita Márcia Marques lançou no início deste mês a campanha de prevenção ao câncer de mama, trabalho que continua sendo realizado e faz parte do movimento internacional conhecido como “Outubro Rosa” comemorado em todo o mundo. Em Antônio João, para lembrar a importância da prevenção da doença foi colocada iluminação na cor rosa na Prefeitura Municipal; no pórtico de entrada da cidade situado na MS-384; na estátua do herói Tenente Antônio João Ribeiro; e na Igreja Católica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

 

A ação de iluminar na cor rosa monumentos, prédios públicos, entre outros, surgiu como forma de simbolizar a luta contra o câncer de mama e estimular a participação da população, empresas e entidades. A ideia da campanha nasceu nos Estados Unidos, mas logo ganhou o mundo e hoje está em todos os Estados do Brasil.

 

O câncer de mama é o segundo tipo de tumor mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. O primeiro ainda é o câncer de pele. Estudos realizados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) comprovaram que em 2014 aconteceram mais de 57 mil casos de câncer de mama no Brasil.

 

Principais sintomas da doença:

 

Nódulos palpáveis na mama ou região das axilas; alterações na pele que recobre o local do nódulo; região da mama com aspecto parecido a uma casca de laranja.

 

Fatores de risco:

 

O câncer de mama geralmente afeta as mulheres acima dos 35 anos e os principais fatores de risco são: mulher que teve a menstruação precocemente; primeira gravidez após os 30 anos; não ter filhos e menopausa depois dos 50 anos, que é considerada tardia. O histórico familiar é também um dos principais fatores de risco, principalmente se um ou mais parentes de primeiro grau, como mãe e irmã, tiveram a doença antes dos 50 anos.

 

Como prevenir?

 

Para a prevenção do câncer de mama é importante realizar o autoexame apalpando as mamas, que a própria mulher deve fazer mensalmente a partir dos 20 anos de idade. Esse autoexame deve ser feito entre o quarto e o sexto dia depois do fim do fluxo menstrual. As mulheres que não menstruam devem escolher uma data para fazer a avaliação.

 

Outro método de prevenção é fazer exame de mamografia rotineiramente de acordo com a indicação do ginecologista. Quanto mais cedo detectar o tumor, maiores as chances de se obter a cura. Na etapa inicial da doença, a probabilidade de cura é de 95%. Além disso, é importante ter hábitos saudáveis, fazer atividade física regularmente, não fumar, ingerir pouca bebida alcoólica e ter uma alimentação equilibrada evitando alimentos gordurosos.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE