Um foi preso, mas 4 suspeitos fugiram de confronto com mortes na fronteira



Aral Moreira - MS - Sábado, 23 de Fevereiro de 2019
24/01/2019 22h51 - Atualizado em 24/01/2019 23h56

Um foi preso, mas 4 suspeitos fugiram de confronto com mortes na fronteira

Campo Grande News



Foto: Divulgação

Foi identificado como Estanislao Ferreira Chávez o suspeito morto em troca de tiros com policiais, esta tarde (24) em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande.

 

No confronto, o comissário Rufino Acosta, chefe da divisão antisequestro da Polícia Nacional do Paraguai no Departamento (equivalente a estado) de Amambay, também morreu. Ao contrário do divulgado inicialmente pela imprensa paraguaia, apenas os dois morreram. A informação inicial era de que um outro bandido também havia sido morto.

 

Um outro suspeito, ainda não identificado, também foi preso, mas outros quatro fugiram. Um helicóptero da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul também ajudou a polícia paraguaia, nas buscas.

 

A troca de tiros ocorreu na colônia Cerro 21, zona rural do Paraguai, próximo a Aral Moreira, MS.De acordo com policiais paraguaios, os bandidos seriam os sequestradores do fazendeiro e empresário Silvino Villalba Salinas, 65, sequestrado na manhã de terça-feira (22) e regatado por volta de 15h em uma área de mata na zona rural de Capitán Bado.

 

A família confirmou o pagamento de R$ 50 mil dos R$ 70 mil que os sequestradores exigiram para libertar Silvino, que é cunhado de um vereador de Capitán Bado. A caminhonete dele foi abandonada pelos bandidos numa mata e localizada com o uso de drones.

 

Segundo fontes policiais da fronteira, Acosta e sua equipe localizaram os suspeitos do sequestro e durante a tentativa de prisão os bandidos reagiram a tiros e atingiram o comissário na cabeça. Um dos homens foi morto pelos policiais.

 

Rufino Acosta chegou a ser levado para o hospital de Coronel Sapucaia, no lado brasileiro, mas não resistiu ao ferimento e morreu em seguida.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE