MEC muda formato de divulgação das notas do Enem por escola para evitar distorções



Aral Moreira - MS - Sábado, 25 de Maio de 2019
12/09/2011 08h13 - Atualizado em 12/09/2011 09h15

MEC muda formato de divulgação das notas do Enem por escola para evitar distorções

admin



Na manhã desta segunda-feira (12) esta disponível para consulta pela internet o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010 por escola.

 

No ano passado 56% dos alunos que estavam concluindo o ensino médio participaram da prova e a média nacional na prova objetiva foi 511,21 pontos.

 

Este ano o Instituto Nacional de Estudos e Pequisas Educacionais (Inep) decidiu alterar o formato de divulgação do resultado por escola, que agora levará em conta o percentual de estudantes daquela unidade de ensino que participaram do Enem.

 

A mudança pretende reduzir distorções na divulgação dos resultados no caso de escolas em que a participação dos alunos é pequena.

 

Como em muitos casos os estabelecimentos de ensino utilizam o bom desempenho no Enem para fins publicitários, o Inep quer evitar que as escolas em que apenas os melhores alunos fazem a prova possam ficar na lista das mais bem colocadas.

 

Dessa forma, elas foram subdividas em quatro grupos a partir do percentual de alunos inscritos no Enem, que varia de 2% até 100%.

 

O grupo um engloba as 4,6 mil escolas que tem 75% dos alunos ou mais participando da prova.

 

O grupo dois reúne as 5,4 mil unidades que tiveram de 50% a 75% de seus estudantes inscritos no Enem.

 

Já o grupo três representa os 8,6 mil estabelecimentos com participação de 25% a 50% e o grupo quatro reúne as 7,4 mil escolas que tiveram menos de 25% dos alunos inscritos.

 

“Nós sabemos a importância que os pais dão a esses resultados, por isso divulgamos o Enem por escola há anos. Mas se pudermos agregar essa informação, para que essa decisão seja tomada com mais cautela, nós faremos.

 

A recomendação é que se observe não apenas a nota, mas a taxa de participação, que é um subsídio a mais”, explicou o ministro da Educação, Fernando Haddad.

 

Ele recomenda ainda que a nota do Enem não seja o único critério observado pela família para a escolha da escola.Os resultados do Enem 2010 por escola estarão disponíveis no site do Inep.(Agência Brasil)

 




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE