PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Operação deixa 7 policiais e 11 sem-terras motos no Paraguai



Aral Moreira - MS - Quarta, 21 de Novembro de 2018
15/06/2012 15h08 - Atualizado em 15/06/2012 16h16

Operação deixa 7 policiais e 11 sem-terras motos no Paraguai

Com informações do ABC Collor / Empresa Jornalística Aral Moreira News



Vilson Nascimento

 

Pelo menos 18 pessoas, entre elas 7 policiais, morreram durante uma operação de reintegração de posse de uma área de 2 mil hectares ocupadas por campesinos, (sem-terra), na região conhecida como Campo Morumbi, no município de Curuguaty, Departamento (Estado) de Canindeyú, no Paraguai.

 

De acordo com o jornal paraguaio ABC Collor, durante o confronto, que ocorreu na manhã dessa sexta-feira (15), mais de 80 pessoas, entre policiais e sem-terras teriam ficado feridos.

 

Os campesinos teriam formado trincheiras e recebido os policiais a bala, usando mulheres e crianças como escudo.

 

Segundo o ABC Collor, entre os mortos no confronto estão o líder do grupo sem-terra, Avelino Espínola, o diretor do GOE (Grupo de Operações Especiais) da policia paraguaia, o subcomissário Erven Lovera e o vice-diretor do grupo de elite, José Sanchez.

 

De acordo com a imprensa paraguaia, a polícia permanece no local e o número de mortos ainda pode aumentar.

 




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE