PUBLICIDADE
  • Lojas Veneza116
PUBLICIDADE


Dono da cervejaria Corona morre e deixa US$ 2,4 mi para cada morador de sua terra natal



Aral Moreira - MS - Segunda, 18 de Dezembro de 2017
25/11/2016 13h36 - Atualizado em 25/11/2016 14h41

Dono da cervejaria Corona morre e deixa US$ 2,4 mi para cada morador de sua terra natal

Forbes



Dono da cervejaria Corona morreu em agosto de 2016 e deixou US$ 209 mi para serem divididos entre moradores de sua terra natal. Foto: Stock

Todos os moradores de uma pequena vila da Espanha acabaram de se tornar milionários. Em agosto, o fundador da famosa cerveja Corona, o ex-bilionário Antonino Fernández, morreu aos 99 anos, e como presente aos moradores da sua vila natal, Cerezales del Condado, ele deixou uma herança de aproximadamente US$ 2,4 milhões para cada um dos nativos locais.

 

Fernández nasceu no vilarejo espanhol em 1917 em uma família muito pobre e teve de deixar os estudos aos 14 anos. Aos 32, ele foi ao México e se tornou CEO de uma das maiores marcas de cervejaria do local, a Grupo Modelo, que posteriormente fundou a Corona. Apesar de toda ascensão, ele sempre manteve presente suas origens.

 

No seu testamento, foi deixado cerca de US$ 209 milhões para serem divididos entre os moradores do seu vilarejo natal e para construir um centro cultural no local.

 

Atualmente, a Corona Extra é a segunda cerveja mais importada nos Estados Unidos, com vendas anuais de US$ 693 milhões.

 

Os moradores de Cerezales estão incrédulos com o presente do empresário. Maximino Sanchez, dono de um bar local, afirmou “não sei o que faríamos sem o Antonino” ao jornal espanhol “Diario de León”.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • Junior Arquiteto104
  • InterPax1
  • Santa Virginia20

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE