Quarta-feira, 23 de Junho de 2021

Dourados poderá ter final do Brasileiro de MotoCross

Publicado em: 26/06/2012 10h02

Da Assessoria / Empresa Jornalística Aral Moreira News

Brasileiro de Motocross pode realizar prova final em Dourados

A Prefeitura de Dourados e a Confederação Brasileira de Motociclismo estão negociando a realização da última etapa do Campeonato Brasileiro de MotoCross. A prova vai acontecer no dia 9 de setembro e nos próximos dias engenheiros da CBM estarão na cidade para a construção do novo traçado do Motódromo Faé Bianchi, ao lado do Estádio Douradão.

 

Na manhã desta segunda-feira, o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves, se reuniu com o presidente da Fundação de Esportes de Dourados, José Antonio Coca, e com o assessor especial do município, Vanderlei Carneiro, para definir os detalhes da construção da pista.

 

Fechado desde 2005 quando aconteceu a última corrida do Campeonato Nacional de MotoCross, o Motódromo Fáe Bianchi poderá ser reaberto depois passar por readequações para atender um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público Estadual.

 

De acordo com a Promotoria do Meio Ambiente, para voltar a receber provas o local deverá passar por certificação ambiental e ter todas as licenças exigidas por lei, como Corpo de Bombeiros e Juizado de Menores.

 

Segundo o promotor do Meio Ambiente, Ricardo Rotunno, a pista não poderá ficar aberta ao público durante todo o ano e será usada apenas para cumprir o calendário das competições estaduais e nacionais de MotoCross. “Fora deste período à pista ficará interditada e caberá a FUNED fazer esta fiscalização como já vem ocorrendo dentro do cumprimento do TAC”, disse Ricardo.

 

Firmo Alves esteve conversando com o prefeito Murilo, que deu todas as garantias de que o local vai estar em condições de receber a última etapa do nacional. “O prefeito está fazendo de tudo para que Dourados volte a fazer parte do calendário nacional. O motódromo da cidade e uma dos melhores locais do Brasil para o trabalho dos pilotos e de suas equipes. Por isso o interesse da CBM em fazer trazer o evento para cá”, declarou.

 

Firmo disse que existe grande expectativa de os pilotos de todo o Brasil em voltar a correr em Dourados, já que nas outras etapas realizadas o público compareceu em grande número. Além disso, torcedores de São Paulo, Paraná, Goiás, Mato Grosso e até do Paraguai têm facilidade em vir para Mato Grosso do Sul. “A prova em Dourados sempre acaba se transformando em uma grande festa”, disse Firmo Alves.