• Sábado, 20 de Julho de 2024

Desenrola Brasil é prorrogado para quem tem dívidas de até R$ 20 mil

As negociações incluem dívidas que tenham sido negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022

CAMPO GRANDE NEWS

559

Consumidores em frente ao Banco do Brasil, localizado na Avenida Afonso Pena (Foto: Izabela Cavalcanti)

Pessoas com dívidas de até R$ 20 mil terão mais tempo para renegociar os débitos pelo Desenrola Brasil. O programa que acabaria na segunda-feira (20) para a faixa 1 foi prorrogado por mais 60 dias, ou seja, até julho.

É necessário que este público ganhe até dois salários mínimos ou esteja inscrito no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). 

A Medida Provisória (MP) 1.211/2024, que trata do prazo para adesão, foi renovada por decisão do Congresso Nacional.

As negociações para este grupo começaram em novembro de 2023 e incluem dívidas que tenham sido negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022, e não podem ultrapassar o valor atualizado de R$ 20 mil cada.

Inicialmente, as negociações acabariam em dezembro do ano passado, mas tinham sido prorrogadas até 31 de março de 2024. Depois, o Governo Federal estendeu para o dia 20 de maio de 2024, e agora até julho de 2024.

Os inadimplentes que negociarem as dívidas pelo Desenrola Brasil têm acesso a descontos de 83% sobre o valor das dívidas. Em algumas situações, o abatimento pode ultrapassar 96% do valor devido. Os pagamentos podem ser feitos à vista ou parcelados, sem entrada e em até 60 meses.

Como negociar - O interessado deve acessar o site www.desenrola.gov.br. É preciso ter cadastro no Portal Gov.br, com conta nível prata ou ouro e estar com os dados cadastrais atualizados.

Depois, precisa escolher uma instituição financeira ou empresa inscrita no programa para fazer a renegociação.  



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.